Marisa Marques

Otoplastia

(cirurgia em ambulatório)

O pavilhão auricular normal, está separado cerca de dois centímetros e forma um ângulo inferior a 25 graus com a porção lateral da cabeça. Os termos “orelhas proeminentes”, “orelhas aladas” ou “orelhas descoladas” definem orelhas que, independentemente do tamanho, estão muito afastadas da cabeça.O objetivo da otoplastia é definir as orelhas, colocando-as na sua posição natural, com um contorno suave, um bordo posterior harmonioso e sem evidência de intervenção cirúrgica.Não existem regras absolutas acerca do timming para a otoplastia. Em crianças com orelhas muito proeminentes, a idade de quatro a seis anos é considerada razoável, mas é imprescindível que a criança participe na decisão e colabore positivamente. Independentemente da idade, o procedimento requer anestesia geral ou sedação.

Cuidados Pós-Operatórios
O procedimento cirúrgico é realizado habitualmente sob sedação e o paciente tem alta após quatro a seis horas de recobro.

Consultas
Consultas no pós-operatório imediato (até cicatrização completa/remoção dos pontos) e tardio.

Cuidados no pós-operatório imediato
Um penso volumoso, mas não compressivo, é colocado durante o primeiro dia. Após a sua remoção, o paciente deverá usar uma fita (de ballet ou desportiva a tapar as orelhas) 24 horas por dia (crianças) ou à noite (adultos) durante oito semanas. É medicado com antibiótico, anti-inflamatório e/ou analgésico. Quando lhe for permitido (orientação médica), deverá tomar um duche rápido (incluindo as feridas cirúrgicas) com água tépida, utilizando um champô extra-suave e um gel banho de farmácia. Depois do banho, deverá enxugar as cicatrizes com uma toalha, secá-las com secador a frio e colocar nas mesmas um creme cicatrizante. Nas primeiras duas semanas a seguir à cirurgia, não deve andar de avião.

Cuidados no pós-operatório tardio
Quando as cicatrizes estiverem completamente cicatrizadas deverá: – De manhã (durante um ano): colocar nas orelhas e na cicatriz um protector solar 50+ mineral 30 minutos antes de sair de casa. – À noite (durante sis meses): deverá colocar um gel de silicone na cicatriz.

Regresso ao trabalho e actividade desportiva
Pode retomar o trabalho ou as aulas no segundo dia depois da cirurgia. As actividades desportivas e o recreio da escola só devem ser retomadas um mês após a cirurgia.

Complicações
Estão descritas, na literatura, as seguintes complicações, entre outras, sendo raras: hematoma (acumulação de sangue), infecção, condrite (infecção da cartilagem). A deformidade residual é uma complicação frequente devido à “memória” da cartilagem.


Não deixe de consultar os links Contextualização e Consciencialização