Marisa Marques

Lipoaspiração do dorso

(cirurgia em ambulatório)

Cuidados Pós-Operatórios

Ambulatório
Uma drenagem sero-hemática (saída de líquido seroso e com sangue) pelos locais da incisão nos primeiros três dias é frequente.
 
Consultas
Consultas no pós-operatório imediato (até cicatrização completa/remoção dos pontos) e tardio.
 
Cuidados no pós-operatório imediato
O paciente sai do bloco operatório com uma cinta de compressão elástica que deverá manter 24 horas por dia durante quatro a seis semanas. Na primeira semana de pós-operatório a cinta não pode ser removida. Posteriormente, o paciente pode retirar a cinta para tomar um duche rápido com água fria ou tépida, com champô extra-suave e gel banho de farmácia. Depois do banho deverá colocar nas cicatrizes um creme cicatrizante.
O edema máximo ocorre do terceiro ao quinto dia pós-operatório, e diminui consideravelmente por volta das quatro semanas de pós-operatório.
O paciente deve iniciar pressoterapia (com a cinta vestida), duas vezes por semana nas primeiras duas semanas. Posteriormente, pressoterapia e massagem (manual ou mecânica) devem ser efectuada duas vezes por semana, mais quatro semanas (até à sexta semana de pós-operatório).
Deve usar meias elásticas, de compressão média, até ao joelho, durante o dia, duas a quatro semanas.
É medicado com antibiótico, anti-inflamatório e/ou analgésico.
Deverá evitar andar de avião nas primeiras duas semanas, a seguir à cirurgia.
 
Cuidados no pós-operatório tardio
Quando as cicatrizes estiverem completamente cicatrizadas e durante seis a doze meses, deverá colocar um creme regenerador, uma a duas vezes por dia. Deve colocar um creme reafirmante em toda a área lipoaspirada uma vez por dia.
A partir da sexta semana deverá fazer massagem uma vez por semana até três a seis meses pós-operatórios.
Durante um ano não poderá apanhar sol directo nas cicatrizes pelo que quando for à praia ou piscina, deverá colocar nas cicatrizes um protector solar 50+ mineral e tapá-las.
 
Regresso ao trabalho e actividade desportiva
Ao fim de cinco a sete dias, a maioria dos pacientes pode retomar a actividade profissional, e deve fazer exercícios leves como caminhadas, com a cinta vestida. Ao fim de três semanas, pode retomar o ginásio ou a natação.
 

Não deixe de consultar os links LipoaspiraçãoContextualização e Consciencialização